O licenciamento ambiental não previu uma série de riscos e impactos na qualidade da água do Rio Jacuí, responsável por 86,3% de aporte ao Lago Guaíba. A extração de carvão pode gerar envenenamento por mercúrio, chumbo e arsênio entre vários outros problemas.

Assine e pressione o poder público!

Sua assinatura tem o poder de mostrar ao poder público que a sociedade civil não quer os malefícios da Mina Guaíba .

Assine e divulgue!

São mais de 4 milhões de vidas impactadas.

Por isso, entramos com mais uma Ação Civil Pública e contamos com seu apoio para impedir a contaminação e destruição dos recursos hídricos do estado do Rio Grande do Sul

A ACP é mais uma forma que organizações como a Arayara - visando sempre a proteção ao meio ambiente e à sociedade - têm de cobrar providências de instituições como a COPELMI e a FEPAM, que colocam em risco e causam danos à população e seus territórios.

A empresa de mineração ignorou o cumprimento de fases e de procedimentos fundamentais, como a realização de audiências públicas em todos os municípios próximos à instalação da mina.


A população de Porto Alegre, por exemplo, sequer foi ouvida.


Esse empreendimento coloca em risco toda a água da região.